Menu
Atualizado em 09/03/2016 às 11h33

Sonae Sierra Brasil divulga resultados do 4T15 com receita líquida de R$ 86,5 milhões

A receita líquida totalizou R$ 86,5 milhões no 4T15. Em 2015 a receita líquida consolidada foi de R$ 331,2 milhões, um crescimento de 3,9% frente ao ano anterior.

O aluguel nas mesmas lojas (SSR) registrou aumento de 7% em 2015. No 4T15, o aumento foi de 5,8% em comparação ao 4T14, impulsionado pela combinação de altos leasing spreads no portfólio maduro da companhia.

As vendas nas mesmas lojas (SSS) apresentaram retração de 2,2% no 4T15, comparadas ao mesmo período em 2014, refletindo o momento delicado do cenário econômico brasileiro. Na comparação anual, o SSS apresentou um aumento de 0,4% em 2015.

A Sonae Sierra Brasil S.A. (BM&FBovespa: SSBR3), uma das maiores incorporadoras, proprietárias e administradoras de shopping centers do Brasil, anuncia seus resultados referentes ao quarto trimestre de 2015 (4T15) e ao ano fiscal de 2015.

A receita líquida da companhia totalizou R$ 86,5 milhões no 4T15, em linha com o 4T14. Em 2015, a receita líquida foi de R$ 331,2 milhões, um crescimento de 3,9% frente a 2014. O EBITDA ajustado foi de R$ 60,2 milhões no 4T15, configurando uma redução sobre o apurado no mesmo período do ano anterior. Em 2015, o EBITDA ajustado atingiu R$ 232,6 milhões, um aumento de 2,6% comparado a 2014.

O aluguel nas mesmas lojas (SSR) também teve aumento de 5,8% no 4T15 em relação ao 4T14, impulsionado pela combinação de altos leasing spreads no portfólio maduro da companhia e o processo de maturação dos ativos mais novos. Em 2015, o SSR obteve um crescimento de 7,0% sobre o ano de 2014.

No 4T15, as vendas dos lojistas nos dez shoppings do portfólio da companhia recuaram 2,1%, em comparação ao 4T14, totalizando R$ 1,5 bilhão, devido ao fraco cenário para o varejo e as incertezas políticas que continuam a pressionar o consumo das famílias e, consequentemente, as vendas dos lojistas.  No ano de 2015, o reporte de crescimento dos lojistas, somando os dez shoppings da Sonae Sierra Brasil, foi de 2,8% em suas vendas sobre 2014, totalizando R$ 4,8 bilhões.

Ainda no quarto trimestre do ano, as vendas nas mesmas lojas (SSS) registraram retração de 2,2%, comparadas às do 4T14, o que reflete o adverso cenário econômico brasileiro. Na comparação anual, o SSS registrou aumento de 0,4% em 2015 frente ao ano anterior.

Em relação às perspectivas para 2016, a Sonae Sierra Brasil acredita em um ano desafiador para a economia do País e para o setor de shopping centers. A empresa mantém sua convicção de que seu sólido balanço e sua postura realista permitirão enfrentar as adversidades de curto prazo do atual cenário - comportamento essencial no atual ambiente de recessão - e segue focada em sua abordagem de investimentos e em melhorar a operação e inovar constantemente seus shoppings, bem como em fortalecer o balanço.

Sobre a Sonae Sierra Brasil
A Sonae Sierra Brasil é uma empresa especialista em shopping centers e uma das principais proprietárias, desenvolvedoras e administradoras do Brasil.

A empresa é proprietária de 10 shopping centers em operação: Plaza Sul, Campo Limpo e Boavista (São Paulo-SP), Shopping Metrópole (São Bernardo do Campo-SP), Franca Shopping (Franca-SP), Parque D. Pedro Shopping (Campinas-SP), Manauara Shopping (Manaus-AM), Uberlândia Shopping (Uberlândia–MG), Boulevard Londrina Shopping (Londrina-PR) e Passeio das Águas Shopping (Goiânia-GO), e administra mais dois shoppings de terceiros: Tivoli Shopping (Santa Bárbara d'Oeste-SP) e Shopping Penha (São Paulo-SP), totalizando 514,5 mil m2 de Área Bruta Locável (ABL) e 2.515 lojas.

A sustentabilidade é uma das preocupações essenciais da Sonae Sierra Brasil, presente em todas as áreas da empresa. A empresa foi a primeira do setor a certificar os seus Sistemas de Gestão Ambiental (norma ISO 14001) e de Gestão de Segurança & Saúde (norma OHSAS 18001), distinções que atestam a qualidade e as boas práticas implementadas nessas áreas.

A Sonae Sierra Brasil também investe em inovação através do Digital Experience, programa que tem por objetivo conectar os consumidores com os centros de compras, por meio de inovação tecnológica contínua, como serviços digitais e sociais, interatividade e experiências digitais indoor.

Autro/Fonte: Da redação

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS