Menu
Atualizado em 18/03/2018 às 16h40

Quadrilha interestadual faz buraco em parede de banco em São José e é presa em flagrante ao tentar arrombar cofre

Suspeitos do Mato Grosso e do Norte de Santa Catarina vieram para a Grande Florianópolis para planejar e praticar o crime.  Material apreendido durante operação da Polícia Civil em São José Polícia Civil/ Divulgação A polícia prendeu neste domingo (18) cinco suspeitos de participar do arrombamento de uma agência bancária no bairro Bela Vista, em São José. Entre os criminosos, dois de Joinville, no Norte catarinense, e um do Mato Grosso, que vieram para a região da Grande Florianópolis para planejar e praticar o crime, segundo a polícia. Um buraco foi feito na parede durante a madrugada e dois coletes balísticos foram furtados. No entanto, por conta das investigações em andamento e das informações de vizinhos do banco, os policiais conseguiram impedir a invasão durante a manhã, quando eles retornavam até o local para efetuar o furto do cofre. O grupo de formação interestadual foi preso por volta das 7h40 dentro de um carro, com equipamentos como marretas, maçarico, britadeira, furadeiras, rompedor, rádios comunicadores, entre outras ferramentas. No momento da abordagem, os suspeitos quebraram os próprios celulares, conforme a polícia. A ação envolveu equipes da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (Draco), da Diretoria Estadual de Investigação Criminal (Deic), com apoio da Divisão de Defraudações (DD). Os suspeitos, com idades entre 21 e 31 anos, são de São José, três de Joinville e um de Cuiabá (MT). Eles foram presos em flagrante por furto qualificado e associação criminosa. Todos foram levados para a Deic, em Florianópolis. Depois vão ser encaminhados ao sistema penitenciário e ficarão à disposição do Poder Judiciário. Criminosos fizeram um buraco na agência bancária durante a madrugada Polícia Civil/ Divulgação Investigações A polícia trabalhava na investigação do suspeito de integrar uma organização criminosa do Mato Grosso e que estaria na região de Joinville, quando receberam informações de uma possível ação em que a agência seria o alvo dos criminosos. Por conta disso, foi feita uma operação para monitorar os veículos e locais utilizados pelo grupo. Segundo a polícia, durante a abordagem em São José havia cinco pessoas dentro do veículo. Os suspeitos não estavam armados e não resistiram à abordagem. Todos possuem passagens policiais, sendo que o homem do Mato Grosso é suspeito de integrar um grupo criminoso especialista em roubo de carga e furtos de bancos. Além dos equipamentos apreendidos, a polícia recuperou um colete balístico, que foi furtado da agência bancária após o grupo fazer um buraco na parede.
[ Ler matéria completa ]
Autor/Fonte: Globo.com

brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS