Menu
Atualizado em 16/04/2018 às 10h40

Greve dos servidores do Detran chega ao 4º dia no Pará

Categoria é contra a terceirização e pede que seja realizado concurso, investimento na estrutura pública e adicional de insalubridade para o setor de vistoria. Servidores do Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran-PA) completam quatro dias em greve nesta segunda-feira (16). De acordo com o Sindicato dos Trabalhores do Detran (Sindtran), 70% dos servidores de todo estado aderiram a mobilização desde sexta-feira (13). O G1 solicitou um posicionamento do Detran e aguarda uma resposta. De acordo com o Sindtran, a categoria pede o fim da terceirização e investimento na estrutura pública em todas as unidades de atendimento do estado; que seja realizado concurso público para o preenchimento de 800 vagas no órgão; e adicional de insalubridade para os servidores do setor de vistoria. "No Pará temos uma frota de 1, 8 milhão de veículos. São de pessoas que moram no Pará, têm carteira e vêm no Dentran renovar, pagar licenciamento, fazer mudança de propriedade. A demanda cada vez aumenta e o número de servidores reduziu, completaram 10 anos sem concurso no Pará", destaca Elisson Oliveira, presidente do Sindtran. O número de vítimas de trânsito está crescendo, 80% dos leitos em hospitais estão ocupados por vítimas de trânsito. Isso prova que os investimentos no Detran não estão surtindo efeito. Investir em empresas privadas não vai melhorar a realidade, precisamos garantir a mobilidade urbana", afirma ainda Elissom. O Sindtran afirma que espera encerrar a greve o quanto antes e aguarda o agendamento de uma reunião para poder dialogar com o Governo do Pará. Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326.
[ Ler matéria completa ]
Autor/Fonte: Globo.com

brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS