Menu
Atualizado em 19/04/2018 às 09h20

RS é o segundo estado do país que mais dedica tempo às tarefas domésticas, diz IBGE

Gaúchas gastam em média 20 horas por semana com a rotina da casa. Homens dedicam quase metade desse tempo para as mesmas atividades.  RS é o segundo estado que mais dedica tempo às tarefas domésticas O cenário de desemprego e crescente procura pelo mercado informal têm feito com que os hábitos dos gaúchos comecem a mudar, realizando tarefas domésticas que antes eram delegadas a terceiros. O Rio Grande do Sul é o segundo estado onde a população mais realiza trabalho em casa. É o que mostra uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados mostram que as atividades domésticas impactam 89% dos lares gaúchos, percentual que fica abaixo apenas do Mato Grosso, com 90%. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílio realizado ao longo de 2017. Um exemplo é de Andréia Aparecida Ribeiro Terres que diariamente enfrenta dupla jornada: como motorista de táxi, e com o serviço doméstico dentro de casa. "Serviço básico todo eu faço, aí todo serviço de casa, lavar chão, varrer, limpar, tirar pó é tudo comigo [...] Bem cansativo. Bem menor do que era antes porque antes eram quatro filhos, cada um tomou seu rumo, igual o serviço de casa nunca termina, ele não tem fim", afirma. De acordo com o coordenador da pesquisa Walter Paulo de Souza, isso é um reflexo da redução de renda, que faz com que as pessoas passem a realizar serviços pelos quais costumavam pagar. "Algumas coisas que ela pagava, ela acaba tendo que fazer, e ao mesmo tempo ela está deixando de contratar um serviço, de contratar um outro trabalhador para fazer essas atividades que são atividades do dia a dia da nossa rotina", afirma Walter. Taxista Andréia Torres brinca que, se tivesse condições, contraria uma diarista RBS TV As tarefas de casa consomem tempo, são cansativas, quase nunca reconhecidas como trabalho, e na maioria das vezes é responsabilidade das mulheres. A pesquisa do IBGE mostra que, no Rio Grande do Sul, as mulheres gastam em média 20 horas por semana com a rotina da casa, enquanto que os homens dedicam quase metade desse tempo para as mesmas atividades. "Totalmente irreconhecível para maioria, quem sabe o que é o serviço doméstico é nós que fizemos o serviço doméstico. Hoje em dia, eu vejo alguns homens fazendo, mas é muito pouco. Ainda nesse final de semana, eu vi um rapaz falar: é servico de mulher", conta Andréia. Na comparação com os homens de outros estados, os gaúchos estão em quarto lugar entre os que mais gastam tempo com as tarefas domésticas. "Poderia se pensar que o gaúcho faz muito menos do que faz a média nacional. Ao contrário, nós estamos bem acima da média nacional embora com uma carga horário que é metade das mulheres", explica Walter. Quem trabalha fora de casa, como a Andréia, gasta em média 14 horas por semana com as tarefas do lar. Entre as pessoas que estão desocupadas, esse tempo é maior: 19 horas por semana. "Eu não gosto de lavar a louça e varrer a casa, se eu pudesse eu excluia isso da minha vida, nunca mais faria. (Se eu contrataria alguém?) Certo, com certeza (risos)", brinca Andréia.
[ Ler matéria completa ]
Autor/Fonte: Globo.com

Brasil

Notícias Relacionadas

ÚLTIMAS NOTÍCIAS